Em 2003, Milton Neves narrou suicídio de policial ao vivo no Cidade Alerta; confira o vídeo


"É a primeira vez que vejo um negócio desse! Mas nem em filme". Foi assim que Milton Neves narrou no Cidade Alerta o suicídio de um policial militar, em 2003.



Poucos se lembram, mas Milton Neves comandou o programa policial da Record por alguns meses naquele ano.

José Luiz Datena tinha saído da emissora, alegando brigas com a cúpula, que era comandada pelos bispos Honorilton Gonçalves e Clodomir dos Santos.

A Record não deixou barato e processou o apresentador, correndo atrás da multa milionária que Datena deixou na Barra Funda.

Atrás de um apresentador popular, em março, a Record escolheu Milton Neves como comandante do policialesco.

O jornalista já tinha três programas na casa: os esportivos Debate Bola e Terceiro Tempo e o game-show Roleta Russa.

Neves já tinha recusado apresentar o programa, mas, após três convites e muitas reuniões, aceitou o convite da emissora. "Acho que minha experiência em rádio e o imediatismo do jornalismo já me dão uma boa base para tratar a informação de forma diferenciada", disse, em entrevista ao Estadão, na época.

Para quem assistia, era estranho ver Milton Neves narrando e comentando crimes, assassinatos e enchentes, com aquele tom esportivo.

O jornal explorou a miséria humana para bater o Brasil Urgente, que Datena passou a apresentar na Band, crescendo no Ibope.

Nesse vídeo que postei em meu canal, Milton Neves narra o suicídio de um PM em São Paulo, explorando o caso por todo o jornal, mostrando o desfecho até o fim do programa.

Outro caso foi colocar a mãe de uma garota estuprada frente a frente com a esposa do suspeito, incitando um debate entre as duas.

A audiência foi caindo e ficou claro que o talento de Milton Neves era para o esporte e não para o jornalismo policial.

Ele saiu do comando do programa em agosto, dando espaço ao ex-árbitro de futebol Oscar Roberto Godoy.

O Cidade Alerta saiu do ar em 2005, voltando a ter grande sucesso em 2012, com Marcelo Rezende no comando.

Hoje, Milton Neves continua firme e forte no noticiário esportivo, no qual mostra seu talento - e de onde nunca deveria sair.

Assista ao vídeo:





FABIO MARCKEZINI é pesquisador e mantém o canal Arquivo Marckezini no YouTube. Ocupa este espaço às segundas

Leia também: 7 apresentadores do Cidade Alerta que você não conhecia (ou não se lembrava)


Deixe sua opinião


Leia também