Redonda e diferente, Rock Story é a melhor novela dos últimos anos



A cada dia que passa, literalmente uma nova emoção. Tudo isso graças a um roteiro aguçado, cheio de boas sacadas, que não se importa com os clichês extremamente básicos da teledramaturgia - mas não os esquece, lógico. Essa é a principal característica de Rock Story.



No ar desde novembro, a trama escrita por Maria Helena Nascimento tem algo que impressiona quem acompanha: originalidade e velocidade na dissolução de suas emoções. Tudo é resolvido em no máximo, uma semana. Toda segunda, algo novo é apresentado.

O mais curioso em Rock Story é a ode que se faz ao rock n'roll, numa época em que nenhuma das 100 músicas mais tocadas do rádio brasileiro em 2016 tiveram o ritmo americano. É uma homenagem a um ritmo que parece esquecido - e Rock Story ajuda a relembrar o poder que o rock tem.

O grande achado da novela é o casal protagonista. Vladimir Brichta está perfeito como Gui Santiago. Complexo personagem, tendo muitos defeitos, Gui é a perfeita identificação de um eterno garoto de muito bom coração.

Outra perfeita em seu papel é Nathália Dill. Separando muito bem sua mocinha Júlia de sua vilã gêmea Lorena, ela tenta fugir dos estereótipos de irmã gêmea boa/má tão explorados nas novelas - e consegue. A interpretação de Lorena é diferente do que se vê.

Quem também tem se destacado é Rafael Vitti, como Léo Régis. Se no início ele ainda estava irregular em sua atuação, usando trejeitos estranhos, agora achou o tom mais que correto. Suas cenas nesta semana, onde ele acaba por vazar nudes de Diana - Alinne Moraes em um papel excelente também - é de uma maturidade como ator que realmente chama a atenção.

Na trama do grupo 4.4, outro bom ponto positivo é Nicholas Prattes. Em um papel desafiador, diferente do que teve Malhação - Seu Lugar no Mundo, Nicholas imprime bem drama e carisma quando necessita. Um outro acerto foi manter a parceria que Prattes teve com Marina Moschen na novelinha. Os dois combinam demais em cena.

Para falar em atores, outros destaques são Suzy Rego, Paulo Betti, Viviane Araújo, João Vitor Silva, Herson Capri, Danilo Mesquita, João Vicente de Castro, Júlia Rabello, Joana Borges, Ana Beatriz Nogueira e Lorena Comparato.



O ponto fraco de Rock Story é o vilão Alex, interpretado por Caio Paduan. Em um papel muito bom, sua atuação deixa a desejar, sendo extremamente fraca e estranha, principalmente nos últimos capítulos, quando Alex finge sua morte. Espero que melhore daqui até o final da novela.

Leia também: Sem rumo, A Lei do Amor não tem mais história para contar

O melhor de Rock Story é prender o público, conseguindo fidelizar de uma forma impressionante. Nos últimos tempos, em época de novelas genéricas, a trama consegue se destacar. Vale muito acompanhar a melhor novela dos últimos anos, contando todos os horários na Globo.







commentDeixe sua opinião
menu