A incrível recuperação da memória da televisão brasileira no YouTube; veja raro vídeo de Bozo e Silvio Santos



Em 14 de fevereiro de 2005, o YouTube foi lançado com o intuito das pessoas postarem vídeos próprio, como se essa plataforma fosse a "sua televisão".



Mas o que se destacou nessa plataforma nesses 12 anos de vida foram os vídeos que resgatam a memória da televisão, graças a usuários que gravavam programas, filmes, telejornais, etc. nas décadas de 1980 e 1990, usando o bom e velho videocassete.

A importância desse resgate é enorme, pois infelizmente no Brasil a memória não é valorizada do modo que deveria ser. Cabe a nós, saudosistas, recuperar trechos perdidos e esquecidos da nossa televisão.

Eu faço parte desse grupo, por meio do Arquivo Marckezini, onde recupero imagens do meu arquivo e de fitas que encontrei ao longo do caminho.

Na estreia da nossa coluna, trago uma relíquia da nossa TV: o Natal do SBT de 1988, quando Silvio Santos recebe parte do elenco do SBT em uma grande ceia de natal para crianças carentes.







Uma parte especial é o encontro do Silvio com o palhaço Bozo, quando ele explicou o porquê de ter criado a famosa programação infantil da emissora.

Mas temos muitos usuários que fazem essa recuperação e que compartilham inúmeras relíquias.

O pioneiro foi Marque Neto, através da Mofo TV. Em seu canal, ele recuperou cenas preciosas da TV Tupi, do início da TVS e inúmeras apresentações de cantores e cantoras em programas dos anos 1970 e 1980.

Mofo TV foi responsável por recuperar a memória de Carlos Imperial, em sua época que era apresentador da TV Tupi e faturava em cima da discoteca.




Vieram outros canais, como do Danilo Rodrigues, o Pedro Janov, jornalista que coleciona inúmeros arquivos da TV, acumulando em torno de 16 mil fitas e DVDs; o canal Pugaman77, que disponibiliza trechos de novelas e clipes musicais; o Acervo 80JHL, de Hamilton Kuniochi, que é voltado à memória do SBT e de grupos musicais infantis; Fitas Joias, Arquivo AGC, Arquivos 1000, Arca da Fuzarca, Juliano Trindade, Egon86 e Memórias da TV, entre tantos outros canais que temos no YouTube.

Essa recuperação incrível da história da nossa televisão é essencial não apenas para diversão, mas também para termos uma visão ampla da nossa história, seja ela social ou cultural.

Conhecendo o passado, entenderemos o nosso presente.

FABIO MARCKEZINI é pesquisador e mantém o canal Arquivo Marckezini no YouTube. Ocupa este espaço às segundas




commentDeixe sua opinião
menu