ESPN confirma favoritismo e adquire direitos da Premier League até 2022



Conforme o TV História já tinha antecipado na semana passada, a ESPN era a grande favorita para adquirir os direitos de transmissão da Premier League, o Campeonato Inglês de Futebol, a partir de 2019.



E esse favoritismo se confirmou. Nesta tarde de quarta-feira (28), a emissora esportiva da Disney confirmou que terá os direitos exclusivos da competição de futebol mais cara do mundo até 2022 - o atual contrato se encerra em 2019, mas a emissora venceu licitação contra Fox e Esporte Interativo.

O fato foi comemorado pelo canal e pelos os executivos. Na semana passada, nossa reportagem ouviu um alto diretor do canal, que disse que a proposta pelo Inglês seria para renovar facilmente o vínculo com a liga.

"É motivo de muito orgulho para a ESPN anunciar um acordo de longo prazo com a Premier League. A parceria iniciada há 15 anos seguirá ainda mais forte, oferecendo aos fãs de esporte e aos fãs da ESPN, a mais competitiva liga nacional de futebol do mundo, com a nossa credibilidade e nossa qualidade de conteúdo e equipe", destaca German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil, na confirmação da notícia.

"A ESPN realizou um fantástico trabalho na transmissão da Premier League no Brasil ao longo das últimas 15 temporadas e estamos muito satisfeitos por terem nos escolhido mais uma vez para investir em nossos direitos de transmissão", destaca Richard Scudamore, diretor executivo da Premier League, em comunicado oficial.

"A ESPN têm um histórico de entrega de alta qualidade de produção e análise de especialistas que têm impulsionado o interesse nos clubes da Premier League e na competição. Estamos ansiosos para trabalhar juntos nas próximas cinco temporadas para disponibilizar o melhor conteúdo de Premier League aos fãs de futebol em todo o país", complementa o executivo.

A ESPN Brasil conta com dois correspondentes em Londres para a cobertura da Premier League, os repórteres João Castelo Branco e Natalie Gedra. Na última temporada, astros como Zlatan Ibrahimovic, os brasileiros Gabriel Jesus, Willian e Philippe Coutinho, além dos técnicos Pep Guardiola, José Mourinho e Jürgen Klopp, falaram com exclusividade à ESPN.

Atualmente, a emissora exibe com exclusividade o campeonato, tendo vários jogos exibidos na TV e outros exclusivos em seu serviço on demand, o Watch ESPN.


Leia também: A Fórmula 1 precisa continuar sendo exibida na TV aberta brasileira?

Leia também: Datena diz no rádio que não vai mais atuar como narrador esportivo no Grupo Bandeirantes




commentDeixe sua opinião
Últimas notícias


menu