9 de janeiro na história da TV: em 2001, a estreia de Os Maias


Confira os destaques do dia 9 de janeiro na história da televisão brasileira:

No dia 9 de janeiro de 1965, terminava a novela O Sorriso de Helena (Tupi).

Trama de Walter George Durst, baseada no original de Abel Santa Cruz, O Sorriso de Helena marcou a estreia de Sérgio Cardoso na televisão. Vivendo Fernando - um homem atormentado pelo passado com Helena (Maria Célia Camargo) e o presente com Rosália (Patrícia Mayo) - Sérgio foi alçado ao posto de galã imediatamente.



No dia 9 de janeiro de 1966, estreava o programa Dercy Espetacular (Globo).

No dominical, Dercy Gonçalves recebia convidados e apresentava reportagens especiais. A comediante apostava na irreverência e na imagem: durante o programa, chegava a trocar de roupa até três vezes! O quadro de maior sucesso, 'Consultório Sentimental', presenteava o público, de bolsas de estudo a cadeira de rodas.



No dia 8 de janeiro de 1967, estreava a novela Yoshico, um Poema de Amor (Tupi).

A emissora destinava um novo horário à teledramaturgia, 18h30. Esta primeira produção, escrita por Lúcia Lambertini, trazia uma história de amor ambientada no Japão, entre o playboy paulista João Paulo (Luís Gustavo) e a japonesa Yoshico (Rosa Miake, conhecida por seu trabalho como cantora). No elenco, Dina Lisboa, Ruthinéia de Moraes e Edney Giovenazzi (foto).



No dia 9 de janeiro de 1983, estreava o programa Globo Sucesso (Globo).

Compilado de clipes exibidos na grade da emissora no ano anterior; em especial, os famosos vídeos produzidos para o Fantástico (1973). No ar durante nove domingos, como parte da programação de férias, o Globo Sucesso contou, na estreia, com 'Tempos Modernos', de Lulu Santos, e 'Festa do Interior', de Gal Costa.

No dia 9 de janeiro de 1984, estreava a novela Transas e Caretas (Globo).

De autoria de Lauro César Muniz, a trama mostrava uma mãe, Francisca Moura Imperial (Eva Wilma), procurando esposas para os dois filhos, o moderníssimo Thiago (José Wilker, também diretor) e o conservador Jordão (Reginaldo Faria). É a obstinada Marília (Natália do Vale) quem se propõe a subir ao altar com um dos dois.



No dia 9 de janeiro de 1989, estreava a novela O Salvador da Pátria (Globo).

A obra, inesquecível, narrava a trajetória do simplório Sassá Mutema (Lima Duarte), um boia-fria que se envolvia com o mundo político. Com Maitê Proença, José Wilker, Betty Faria, Francisco Cuoco, Susana Vieira, Lúcia Veríssimo e Luís Gustavo - o lendário Juca Pirama. Texto de Lauro César Muniz; direção geral de Paulo Ubiratan.



No dia 9 de janeiro de 1998, terminava a novela Zazá (Globo).

Obra de Lauro César Muniz, mostrava as aventuras de uma milionária excêntrica apaixonada por aviões, que se dizia descendente direta de Alberto Santos Dumont, decidida a ajeitar a vida dos sete filhos. Com Fernanda Montenegro, Ney Latorraca, Paulo Goulart, Nathalia Timberg, Letícia Spiller e Marcello Novaes.



No dia 9 de janeiro de 2001, estreava a minissérie Os Maias (Globo).

Adaptada do romance homônimo de Eça de Queiroz, escrita por Maria Adelaide Amaral, com direção de Luiz Fernando Carvalho. Exibida em horário tardio, a produção, lamentavelmente, não emplacou como prometia. Em foco, o romance de Carlos Eduardo (Fábio Assunção) e Maria Eduarda (Ana Paula Arósio), irmãos de sangue.



No dia 9 de janeiro de 2004, terminava a primeira reapresentação de Anjo Mau (1997) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Adaptação de Maria Adelaide Amaral para o clássico de Cassiano Gabus Mendes, Anjo Mau levou pouco mais de cinco anos para voltar ao ar. E se consagrou como uma das maiores audiências da faixa naquele tempo. Os 173 capítulos originais da saga de Nice (Glória Pires), reapresentada outra vez em 2016, foram comprimidos em 115.



No dia 9 de janeiro de 2007, estreava o reality show Big Brother Brasil 7 (Globo).

Uma das edições de maior repercussão da história do reality-show, terminou com a vitória de Diego Gasques, o Alemão, que levou o prêmio de R$ 1 milhão. Durante a edição, Diego foi criticado por seus colegas de confinamento em razão de sua relação com Íris Stefanelli e Fani Pacheco; ele chegou a enfrentar ambas no temido "paredão".



No dia 9 de janeiro de 2009, terminava a temporada 2007/2009 de Malhação (Globo).

Sem êxito na fase de 2007, a Globo precipitou a estreia da temporada "2008", escrita por Patrícia Moretzsohn e Jaqueline Vargas - egressas de Floribella (2005), da Band. O grande mérito da novela neste período foi revelar talentos como Nathalia Dill, Sophie Charlotte, Mariana Rios e Caio Castro, hoje estrelas da emi



No dia 9 de janeiro de 2010, terminava a novela Vende-se um Véu de Noiva (SBT).

De autoria de Íris Abravanel, baseada na obra homônima radiofônica de Janete Clair. Partia das intrigas de Eunice (Samantha Dalsoglio / Elaine Cristina), que trama a morte de Maria Célia (Thaís Pacholeck), sua prima, casando-se com o marido dela, Rubens (Nando Rodrigues / Zécarlos Machado). Anos depois, o filho que vilã tivera com Rubens, Gustavo (Daniel Alvim), se apaixona por Eliana (Dayenne Mesquita), irmã de criação de Daniel (Jiddu Pinheiro), o herdeiro de Maria Célia que Eunice julgava morto.



No dia 9 de janeiro de 2010, terminava o programa Programa Novo (Cultura).

Destinada ao público jovem, a atração contava com ampla participação do público - por meio de vídeos, escolha de pautas e até na preferência do título do programa. Apresentado por Zé Brites, Gabriela França, Rodolfo Rodrigues e Roberta Youssef, que administrava os perfis do 'Novo' no hoje extinto Orkut e através da esquecida SMS.



No dia 9 de janeiro de 2011, terminava a série O Relógio da Aventura (Globo).

Especial em cinco episódios, exibido aos domingos. Partia do presente que o menino João (Miguel Arraes) ganhava de seu avô Neco (Marcos Caruso), capaz de fazê-lo viajar no tempo. Os atores escalados viviam dois tipos: os familiares e amigos de João na atualidade e figuras históricas. No elenco, Enrique Diaz, Nívea Maria e Otávio Augusto.



No dia 9 de janeiro de 2012, estreava o programa Muito+ (Band).

Último projeto de Adriane Galisteu na Band. Transmitido ao vivo, nas tardes de segunda-feira a sexta-feira, trazia notícias de famosos, entrevistas e matérias sobre atualidades. Na equipe da atração, a jornalista Rita Batista, o repórter Gominho e Lysandro Kapilla, que até então atuava como redator do Caldeirão do Huck (2000, Globo).



No dia 9 de janeiro de 2012, terminava o programa Qual é o seu Talento? (SBT).

Comandado por André Vasco, este show de talentos tinha como jurados Thomas Roth, Arnaldo Saccomani, Carlos Eduardo Miranda e Cyz Zamorano. A intenção era dar a artistas de todo o Brasil a oportunidade de mostrarem habilidades artísticas pouco conhecidas, de práticas de circo até a música e dança. O formato foi extinto em razão de um processo de plágio contra o SBT, movido pela FremantleMedia.



No dia 9 de janeiro de 2017, terminava a novela Escrava Mãe (Record TV).

O autor Gustavo Reiz propunha narrar os fatos que antecederam a vida de Isaura, a escrava do romance de Bernardo Guimarães, que inspirou novelas na Globo e na Record. O enredo acompanhava a trajetória de Juliana (Gabriela Moreyra), mãe de Isaura, apaixonada por Miguel (Pedro Carvalho) e perseguida por Almeida (Fernando Pavão). Destaque para Thaís Fersoza como a vilã Maria Isabel.



No dia 9 de janeiro de 2017, estreava a minissérie Dois Irmãos (Globo).

Baseada na obra de Milton Hatoum, esta produção escrita por Maria Camargo e dirigida por Luiz Fernando Carvalho fez sucesso ao apostar no talento de nomes como Antônio Calloni, Antonio Fagundes, Eliane Giardini e Juliana Paes. Cauã Reymond protagonizou, como os gêmeos que se odiavam, Omar e Yaqub.



Leia também