3 de janeiro na história da TV: em 1997, a última edição da TV Colosso


Confira os destaques do dia 3 de janeiro na história da televisão brasileira:

No dia 3 de janeiro de 1962, estreava a série O Vigilante Rodoviário (Tupi).

Histórica série estrelada por Carlos Miranda, que vivia o inspetor de polícia Carlos, junto ao seu fiel companheiro, o cão Lobo. A produção fez muito sucesso na época. Curiosidade: posteriormente, Carlos Miranda acabou realmente entrando para a polícia rodoviária.



No dia 3 de janeiro de 1966, estreava o jornalístico Ultranotícias (Globo).

Através de filmes da gigante CBS News, este jornalístico buscava oferecer um panorama completo das principais notícias do Brasil e do mundo. Era transmitido em duas edições diárias, às 15h e 19h45. Naquele tempo, a TV sobrevivia graças às agências de publicidade; a McCann Erickson era quem respondia pela atração.

No dia 3 de janeiro de 1982, terminava o humorístico O Planeta dos Homens (Globo).

Estrelado por grandes nomes como Jô Soares e Agildo Ribeiro, o programa fez muito sucesso. A abertura, criada por Hans Donner, marcou época: um homem-macaco colhia uma banana de um cacho e a descascava lentamente, revelando aos poucos a figura da bailarina Wilma Dias.



No dia 3 de janeiro de 1983, estreava o jornalístico Bom Dia Brasil (Globo).

Telejornal que inaugurava a programação matinal da Globo, comandado no início por Carlos Monforte diretamente de Brasília, abordando, principalmente, temas políticos. Sofreu uma grande reformulação em 1996, quando passou a ser apresentado diretamente do Rio de Janeiro por Renato Machado e Leilane Neubarth. Atualmente, é ancorado por Chico Pinheiro e Ana Paula Araújo.



No dia 3 de janeiro de 1983, estreava a reapresentação de Plumas e Paetês (1980) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Uma das maiores reprises do Vale a Pena Ver de Novo: 175 capítulos, contra 197 do original - desenvolvidos, a princípio, por Cassiano Gabus Mendes, que entregou o texto a Silvio de Abreu após sofrer um infarto. No elenco, Elizabeth Savala, Cláudio Marzo, José Wilker, Maria Cláudia, Lúcia Alves, Eva Wilma e Paulo Goulart.



No dia 3 de janeiro de 1983, a estreia dos jornais locais DFTV, MGTV, NETV, RJTV e SPTV (Globo).

A Globo substituía o Jornal das Sete por noticiários gerados de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais e Distrito Federal. Hoje repórter especial do Jornal Nacional, Tonico Ferreira comandou a primeira edição do SPTV; já Berto Filho (foto) respondia pelo RJTV. Maria Anunciada apresentava o NETV e Neimar Fernandes conduzia o MGTV; o DFTV era de responsabilidade de Carlos Magno.



No dia 3 de janeiro de 1983, estreava a minissérie Moinhos de Vento (Globo).

Produção de cinco capítulos estrelada por Carlos Augusto Strazzer e Renée de Vielmond. Daniel Más e Leilah Assunção conduziam o enredo, dirigido por Walter Avancini, e centrado nos conflitos do casal Leandro e Valentina; à ela, restavam apenas seis meses de vida, por conta de um câncer.



No dia 3 de janeiro de 1986, terminava a reapresentação de Jogo da Vida (1981) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Pelo bom trabalho em Plumas e Paetês (1980), Silvio de Abreu recebeu de Janete Clair a incumbência de desenvolver um argumento seu, em torno de uma fortuna escondida em quatro estátuas de cupido. Foram 130 capítulos - apenas 37 a menos que o original - de muito sucesso! Glória Menezes, Gianfrancesco Guarnieri, Paulo Goulart, Maitê Proença, Débora Bloch e Mário Gomes integravam a produção.



No dia 3 de janeiro de 1988, estreava o programa Pequenas Empresas & Grandes Negócios (Globo).

A atração está no ar até os dias de hoje nas manhãs de domingo da Globo. O foco do programa está no microempresário; 'Pequenas Empresas' parte de histórias de empreendedores, visando levar conhecimento e experiência aos iniciantes na atividade. Geneton Moraes Neto chegou a integrar a equipe; após anos apresentado por Esther Jablonski, 'PEGN' hoje conta com a jornalista Lilian Fernandes.



No dia 3 de janeiro de 1992, terminava a novela O Dono do Mundo (Globo).

Antonio Fagundes estava à frente do elenco desta trama das 20h, como o execrável Felipe Barreto, cirurgião plástico que deflora a virgem Márcia (Malu Mader), durante a lua-de-mel da moça com Walter (Tadeu Aguiar). Gilberto Braga fora obrigado a corrigir a rota para emplacar o folhetim, marcado pelos bons desempenhos de Glória Pires, Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg, Letícia Sabatella e Ângelo Antônio.



No dia 3 de janeiro de 1997, terminava o programa infantil TV Colosso (Globo).

Para substituir o clássico Xou da Xuxa (1986), a Globo recorreu a uma trupe de cães - na verdade, fofíssimos bonecos de pelúcia manipulados por profissionais ou por controle remoto, confeccionados pelo grupo Cem Modos. A produção fez sucesso com a criança; especialmente a sheepdog Priscila. TV Colosso rendeu brinquedos, produtos de cama, mesa e banho, gibis e até um filme!



No dia 3 de janeiro de 1997, terminava a temporada 1996 de Malhação (Globo).

Marcada pelo insucesso em sua fase inicial, quando apostou fortemente em conflitos adultos, a segunda temporada de Malhação recolocou a audiência nos trilhos ao jogar todas as fichas na relação da jovem Luiza (Fernanda Rodrigues), com Dado (Cláudio Heinrich), seu professor de jiu-jítsu. O casal também esteve presente na primeira fase da novela. No elenco, Camila Pitanga, Elizângela e Marcos Frota.



No dia 3 de janeiro de 1997, terminava a série Brava Gente (SBT).

A peça Porca Miséria, de Marcos Caruso, serviu de base para esta produção, escrita por ele e Jandira Martini - os dois também faziam parte do elenco. Em foco, o cotidiano da família Messinari, moradores do Bixiga, tradicional reduto italiano de São Paulo. Cristina Pereira, Flávia Monteiro, Maria Alice Vergueiro, Miriam Muniz e Osmar Prado completavam o time da produção.



No dia 3 de janeiro de 2006, há 11 anos, estreava a minissérie JK (Globo).

O texto de Alcides Nogueira e Maria Adelaide Amaral, dirigido por Dennis Carvalho, recontava a trajetória de Juscelino Kubitscheck, da juventude à presidência da República. Wagner Moura e José Wilker dividiam o personagem-título; Débora Falabella e Marília Pêra se encarregaram da primeira-dama, Sarah. Último trabalho de Ariclê Perez, que faleceu dois dias após o término das gravações.



No dia 3 de janeiro de 2011, estreava o programa Cantando no SBT (SBT).

A atração era comandada por Yudi Tamashiro e Priscila Alcântara, egressos do Bom Dia & Cia., e tinha Afonso Nigro como jurado. A competição musical era dividida em fase eliminatória, com trinta crianças; doze disputaram a semifinal e três foram para a final, que premiou João Victor, de 12 anos. O reality ficou no ar até 26 de abril de 2011, quando chegou ao fim sua terceira temporada.



No dia 3 de janeiro de 2014, terminava a minissérie O Tempo e o Vento (Globo).

Adaptação para a TV do filme dirigido por Jayme Monjardim. O roteiro partia da obra de Érico Veríssimo, já adaptada em formato de novela (Excelsior, 1967) e minissérie (Globo, 1985). Thiago Lacerda viveu aqui o valente Capitão Rodrigo, descendente de Ana Terra (Cleo Pires, no papel que foi de sua mãe Glória, em 1985). Marjorie Estiano e Fernanda Montenegro respondiam por Bibiana, a amada de Rodrigo.



No dia 3 de janeiro de 2016, estreava a primeira temporada do reality show The Voice Kids (Globo).

Com exibição nas tardes de domingo e apresentação de Tiago Leifert, a atração contou com Carlinhos Brown, Ivete Sangalo e a dupla Victor & Leo como técnicos. Wagner Barreto, do time Victor & Leo, foi o vencedor. Na segunda temporada, vitória de Thomas Machado, do time Ivete Sangalo. A terceira edição contará com Cláudia Leitte e Simone & Simaria no júri - nos postos de Ivete e da dupla sertaneja.



No dia 3 de janeiro de 2017, estreava a minissérie Aldo, Mais Forte Que O Mundo (Globo).

Longa-metragem de Afonso Poyart, que reconta a trajetória do lutador de MMA José Aldo - vivido na ficção por José Loreto. A produção, transformada em minissérie de quatro capítulos, trazia ainda Cleo Pires, Cláudia Ohana, Jackson Antunes, Milhem Cortaz, Paloma Bernardi e o comediante Rafinha Bastos.



Leia também