15 de dezembro na história da TV: em 2008, estreava Uma Escolinha Muito Louca





Confira abaixo o resumo dos principais fatos que aconteceram na história da televisão no dia 15 de dezembro.

No dia 15 de dezembro de 1971, há 45 anos, estreava a novela Quarenta Anos Depois (Record). Obra escrita por Lauro César Muniz, mostrava uma família que foi rica no auge do café e precisava se adaptar a novos tempos de crise. Com Fúlvio Stefanini, Paulo goulart e Nathália Timberg.

No dia 15 de dezembro de 1971, há 45 anos, estreava a novela Sol Amarelo (Record). De Raimundo Lopes, a obra mostrava um homem que pretendia vingar a morte da novia, assassinada na porta da igreja. Com Rogério Márcico e Laura Cardoso.

No dia 15 de dezembro de 1972, há 44 anos, terminava o jornalístico Foco na Notícia (Cultura). Este foi o primeiro programa com caráter jornalístico da TV Cultura, tendo apresentação de Nemércio Nogueira.

No dia 15 de dezembro de 1979, há 37 anos, terminava a primeira versão da novela Cabocla (Globo). Escrita por Benedito Ruy Barbosa, esta versão para a TV do romance homônimo de Ribeiro Couto trazia Glória Pires e Fábio Júnior como protagonistas.



No dia 15 de dezembro de 1987, há 29 anos, terminava o humorístico Viva o Gordo (Globo). Este humorístico de Jô Soares, onde o artista apresentava diversos personagens, marcou época na televisão.



No dia 15 de dezembro de 1999, há 17 anos, estreava a minissérie Luna Caliente (Globo). Exibida em 3 capítulos, a produção adaptava a obra de Mempo Giardinelli, trazendo Ana Paula Tabalipa e Paulo Betti nos papéis principais.



No dia 15 de dezembro de 2008, há 8 anos, estreava o humorístico Uma Escolinha Muito Louca (Band). Tendo Sidney Magal como professor, o programa resgatava a fórmula eternizada por Chico Anysio, contando com novos alunos.



Colaboraram Daniel Smith e Paulo Almeida Prado







commentDeixe sua opinião
menu