3 de dezembro na história da TV: em 2001, a estreia do Brasil Urgente



Confira os destaques do dia 3 de dezembro na história da televisão brasileira:

No dia 3 de dezembro de 1965, terminava a novela O Moço Loiro (Cultura).

O romance homônimo de Joaquim Manuel de Macedo foi adaptado por J. Marcondes, com direção de Dalmo Ferreira e produção de Lúcia Lambertini. Lúcia, aliás, manteve o mistério acerca da identidade do ator que vivia o "moço loiro" do título, durante toda a exibição: tratava-se de Lauro, jovem acusado de roubar uma joia de família, que corteja, na clandestinidade, a prima Honorina (Edy Cerri).

No dia 3 de dezembro de 1965, terminava a novela Quem Bate (Record).

Novela humorística da Record inspirada na série norte-americana Combate. No elenco, Renato Corte Real, Otelo Zeloni e Carmem Verônica, além de duas figuras eternizadas na 'Praça': Carlos Alberto de Nóbrega e Rony Rios, a Velha Surda. A trama, com direção de Nilton Travesso, sucedeu Ceará Contra 007 (1965), estrelada por Jô Soares, e Mãos ao Ar (1965), com Ronald Golias.

No dia 3 de dezembro de 1970, estreava o programa Som Livre Exportação (Globo).

A atração apresentava compositores, cantores, instrumentistas e conjuntos de todo o País. Programa semanal, exibido nas noites de quinta-feira, que durou até agosto de 1971 e contou com a participação de nomes como Caetano Veloso, Maria Bethânia, Os Mutantes, Chico Buarque, Clementina de Jesus, Gonzaguinha, Tim Maia, Tony Tornado, Toquinho, Vinicius de Moraes, entre outros.



No dia 3 de dezembro de 1972, terminava o programa Buzina do Chacrinha (Globo).

Programa apresentado por Abelardo Barbosa, o Chacrinha, entre 1967 e 1972, nas noites de domingo, às 20 horas. Dentre os quadros apresentados, o Trono dos Lançamentos, onde cantores consagrados eram avaliados como calouros - por jurados como Aracy de Almeida e Pedro de Lara. Após desavenças com a direção da emissora, o apresentador se transferiu para a TV Tupi, voltando à Globo em 1982.



No dia 3 de dezembro de 1990, estreava a novela Lua Cheia de Amor (Globo).

A trama de Ana Maria Moretzsohn, Ricardo Linhares e Maria Carmem Barbosa, com supervisão de texto de Gilberto Braga, era baseada em Dona Xepa, peça de teatro de Pedro Bloch que já havia gerado uma novela homônima em 1977. Lua Cheia de Amor teve no elenco nomes como Marília Pêra, Francisco Cuoco, Isabela Garcia, Maurício Mattar, Susana Vieira, Arlete Salles e Geraldo del Rey, entre outros.



No dia 3 de dezembro de 2001, estreava o jornalístico Brasil Urgente (Band).

O programa estreou com comando do jornalista Roberto Cabrini. Em 2003, José Luiz Datena assumiu a apresentação, permanecendo até os dias atuais - eventualmente substituído por seu filho, Joel Datena. Vale lembrar que a Band já teve um programa com o mesmo nome, só que em outro formato, que durou pouco, em 1997, com apresentação de Wilton Franco.

Leia também: 2 de dezembro na história da TV: em 2001, estreava o Terceiro Tempo

Leia também: 1 de dezembro na história da TV: em 1997, estreava Fantasia




commentDeixe sua opinião
menu