25 de novembro na história da TV: em 1996, Mulheres de Areia em Vale a Pena Ver de Novo



Confira os destaques do dia 25 de novembro na história da televisão brasileira:

No dia 25 de novembro de 1988, terminava a minissérie Abolição (Globo).

Minissérie de Wilson Aguiar Filho, produzida pela emissora em comemoração ao centenário do fim da escravatura no Brasil. Tereza Rachel viveu a Princesa Isabel e Ângela Corrêa interpretou a escrava Iná Inerã. Quando a primeira assina a Lei Áurea, a segunda é assassinada a mando de seu senhor, durante uma tentativa de fuga. Inerã intentava se unir a Lucas (Luiz Antonio Pillar), alforriado, formado em jornalismo.



No dia 25 de novembro de 1995, estreava o infantil Sábado Animado (SBT).

Programa que exibe desenhos e brincadeiras nas manhãs de sábado do SBT. A atração já foi apresentada por nomes como Jackeline Petkovic, Maísa Silva, Priscilla Alcântara, Yudi Tamashiro, o palhaço Bozo, Ana Vitória Zimmermann e Matheus Ueta, entre outros. Por muito tempo, o Sábado Animado foi a pedra no sapato da Globo, batendo TV Globinho (2000), TV Xuxa (2008) e É de Casa (2015).



No dia 25 de novembro de 1996, estreava a reapresentação de Mulheres de Areia (1996) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Os 203 capítulos deste sucesso de Ivani Ribeiro foram condensados em 110. Os conflitos das gêmeas Ruth e Raquel (Glória Pires) eram utilizados pela Globo para turbinar a média-dia: a novela ocupava boa parte da grade vespertina, atrasando em meia hora as exibições de Anjo de Mim e Salsa e Merengue, às 18h e 19h, que padeciam com o horário de verão. Mulheres de Areia ocupa o primeiro lugar de audiência dentre as reprises dos anos 1990, 28 pontos, tal e qual Vale Tudo (1988 / 1992) e Tieta (1989 / 1994). A trama foi reapresentada novamente em 2011.



No dia 25 de novembro de 2005, terminava a novela Floribella (Band).

Nesta história de Jaqueline Vargas e Patrícia Moretzsohn - baseada em texto de Cris Morena -, Juliana Silveira vivia Flor, jovem órfã que vai trabalhar como babá dos irmãos de Fred Fritzenwalden (Mário Frias). A moça, apaixonada por música, começa a disputar o rapaz com Delfina (Maria Carolina Ribeiro), desconhecendo a condição de irmãs. O sucesso determinou o lançamento de uma segunda temporada.

Leia também: 24 de novembro na história da TV: em 1975, estreava Pecado Capital

Leia também: 23 de novembro na história da TV: em 2015, último capítulo de Os Dez Mandamentos




commentDeixe sua opinião
menu