Sabia que Gugu já teve um programa sobre videogames no SBT? Relembre o Play Game!


No início da década de 1990, o mercado de jogos eletrônicos se encontrava bastante movimentado, com consoles como Super Nintendo, Mega Drive e Master System disputando a preferência do público. Então, embarcando nesta onda, o SBT lançou um programa sobre videogames, o Play Game, com Gugu Liberato.



A atração estreou no dia 9 de maio de 1993, um domingo, na faixa das 14h30, enfrentando Xuxa na Globo. A mecãnica do programa consistia em uma competição entre duas duplas, compostas por um menino e uma menina de 8 a 12 anos de idade.

Inicialmente, os grupos competiam entre si, em gincanas tradicionais, nas quais as perguntas eram sobre games da época. Então, no terceiro e último bloco, o par vencedor participava de disputas virtuais, onde as crianças se tornavam personagens de jogos.



Desenvolvido após quatro meses de planejamento, o processo utilizava a tecnologia do croma key, filmando os participantes em um fundo verde, que era substituído por imagens de jogos famosos, como Alex Kidd e Sonic - The Hedgehog. Para se orientar, a criança tinha como guia um monitor de TV, onde se via dentro do mundo virtual, podendo realizar as ações necessárias para a prova.



Com custo de US$ 150 mil dólares, a atração era uma parceria do SBT com a Tec Toy, empresa que representava os consoles da marca SEGA no Brasil. Assim, os videogames mostrados no programa eram o Master System e o Mega Drive.

Para participar, meninos e meninas deveriam preencher os cupons que vinham na revista Ação Games, publicação então muito popular, mandando seus dados para a emissora e torcendo para serem chamados.



Na época, a competição chamou atenção não só pelo caráter inovador, mas também pelo fato de mostrar Gugu de uma maneira diferente, vestindo roupas muito mais chamativas e descoladas, buscando uma maior identificação com o público jovem.

Seguindo a linha do programa, os prêmios oferecidos eram consoles daquela geração: além do Master System e do Mega Drive, as crianças também poderiam ganhar o portátil Game Gear.



O formato trazia muitas semelhanças com um game show norte-americano lançado no ano anterior; com estreia em 1992, o Nick Arcade, exibido pelo canal pago Nickelodeon, tinha a mesma mecânica. Na competição, que ficou no ar por onze meses, a grande novidade também era a inserção de crianças em jogos virtuais, seguindo exatamente a mesma lógica.



Apesar de ser uma inovação para a época, o Play Game não fez o sucesso esperado. Mesmo tendo boa repercussão entre o público jovem, o programa não foi um grande hit de audiência,, saindo do ar após poucos meses.

Veja também: Conheça o Double Dare, game show que inspirou o Passa ou Repassa



Veja também: O game show que parou o Brasil: 22 curiosidades sobre o Show do Milhão



Veja também: As 6 maiores tretas de Silvio Santos com seus concorrentes


Deixe sua opinião


Leia também