16 de novembro na história da TV: em 1982, estreava o Viva a Noite



Confira os destaques do dia 16 de novembro na história da televisão brasileira:

No dia 16 de novembro de 1968, terminava a série O Estranho Mundo de Zé do Caixão (Tupi).

A produção era exibida aos sábados e estrelada por José Mojica Marins, o Zé do Caixão, com direção de Antônio Abujamra. O título veio de um filme homônimo, lançado com grande sucesso na mesma época. E seria reaproveitado na década de 2000, num programa veiculado no Canal Brasil. Mais sofisticado do que os filmes e séries de Zé, 'O Estranho Mundo' não se configurou, propriamente, em sucesso.



No dia 16 de novembro de 1981, estreava a novela Terras do Sem Fim (Globo).

A história foi inspirada nos romances Cacau, Terras do Sem Fim e São Jorge dos Ilhéus, de Jorge Amado. No início do século XX, dois coronéis disputam o poder político no interior da Bahia em trama marcada por romances e traições. No elenco, Carlos Kroeber, Edwin Luisi, Jonas Mello, Maria Cláudia, Nívea Maria, Otávio Augusto, Paulo Figueiredo e Sura Berditchevsky, entre outros.



No dia 16 de novembro de 1982, estreava o programa Viva a Noite (SBT).

Antológico programa semanal noturno comandado por Gugu Liberato. Foi exibido até 1992, servindo de base, posteriormente, ao Domingo Legal (1993). Destaque para o quadro Sonho Maluco - que serviu de argumento, inclusive, para o filme Os Trapalhões na Terra dos Monstros (1989) - e concursos como Rambo Brasileiro. Em março de 2007, o SBT reeditou a atração, com a cantora Gilmelândia no palco.



No dia 16 de novembro de 1987, estreava a minissérie A Rainha da Vida (Manchete).

Trama de Wilson Aguiar Filho e Leila Miccolis que não alcançou grande repercussão. À frente do elenco, o cantor Fagner e a atriz Florinda Bolkan, cuja história de vida inspirou a criação da protagonista, Antônia Fidalgo: a moça que deixa o Ceará rumo à Roma e retorna anos depois, famosa atriz de cinema e rica. Ela era disputada por Vitor (Fagner), que se ordenou padre, Carlos (Jorge Dória) e Júlio (Nuno Leal Maia).



No dia 16 de novembro de 2007, terminava a reapresentação de Da Cor do Pecado (2004) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Grande destaque de audiência da faixa das 19h na década de 2000, Da Cor do Pecado regressou à telinha menos de três anos após seu término. A novela de João Emanuel Carneiro, centrada no romance de Preta (Taís Araújo) e Paco (Reynaldo Gianecchini) - prejudicado pelas intrigas de Bárbara (Giovanna Antonelli) -, foi reduzida de 185 para 139 capítulos. E ganhou outro repeteco, em 2012.



No dia 16 de novembro de 2009, estreava o programa O Preço Certo (Record).

A atração, versão brasileira do programa norte-americano The Price is Right, era comandada pelo ator Juan Alba. A princípio, o programa era exibido de segunda-feira a sexta-feira, na faixa vespertina; depois, foi transferido para os sábados. O SBT apresentou uma produção similar na década de 1980: ao invés de artigos domésticos, os participantes tentavam descobrir os preços de mercadorias num supermercado.

Leia também: 15 de novembro na história da TV: em 2013, o precipitado fim do SBT Notícias

Leia também: 14 de novembro na história da TV: a estreia do Canta e Dança, Minha Gente com Carla Perez




commentDeixe sua opinião
menu