13 de novembro na história da TV: em 1993, último capítulo de Renascer



Confira os destaques do dia 13 de novembro na história da televisão brasileira:

No dia 13 de novembro de 1964, terminava a novela Quem Casa Com Maria? (Tupi).

A trama de Lúcia Lambertini, dirigida por Henrique Martins, tinha no elenco nomes como Maria Luiza Castelli, Ana Rosa e Rolando Boldrin. O enredo tratava das desventuras de dona Ana (Maria Luiza) que, em meio ao esforço para casar suas seis filhas, acaba se casando também. Quem Casa Com Maria? não obteve a audiência desejada pela emissora e durou pouco, sendo substituída por um enlatado americano.

No dia 13 de novembro de 1972, estreava a novela Quero Viver (Record).

No elenco, nomes como Laura Cardoso, Lolita Rodrigues, Ney Latorraca, Rodolfo Mayer, Lílian Lemmertz, Nathalia Timberg e Rolando Boldrin - os três últimos presentes também na antecessora, O Tempo Não Apaga. Em foco, a trajetória da complexada Júlia (Nathalia) que, inconscientemente, empurra para a irmã Helena (Lílian) todos os homens que se aproximam das duas.



No dia 13 de novembro de 1978, estreava a novela Aritana (Tupi).

Trama de Ivani Ribeiro estrelada por Carlos Alberto Riccelli, que vivia o índio Aritana, e Bruna Lombardi. Tratava das diferenças sociais e culturais dos indígenas na sociedade. Foi nessa trama que Riccelli e Bruna se conheceram, vindo a se casar posteriormente. Aritana fugiu, a princípio, da concorrência com Dancin' Days, da Globo. Foi com a mudança de horário que a Tupi transformou sua novela num êxito.



No dia 13 de novembro de 1981, terminava a novela Ciranda de Pedra (Globo).

Primeira adaptação do romance homônimo de Lygia Fagundes Telles - em 2008, Alcides Nogueira transformou a obra literária em novela outra vez, aproveitando-se de um único elemento da versão de Teixeira Filho: o personagem Eduardo (Marcelo Picchi / Bruno Gagliasso). A trama, ambientada na São Paulo dos anos 1940, contava com Eva Wilma, Lucélia Santos, Adriano Reys, Armando Bógus e Norma Blum.



No dia 13 de novembro de 1993, terminava a novela Renascer (Globo).

O folhetim contava a história da rejeição que um pai sentia pelo filho após a morte da mulher no parto. E reunia um elenco estelar encabeçado por Antônio Fagundes, Adriana Esteves, Marcos Palmeira, Herson Capri, Osmar Prado, entre outros. A novela de Benedito Ruy Barbosa teve seu último capítulo dividido em duas partes, exibidas na sexta e no sábado. A reprise na íntegra aconteceu no domingo, após o Fantástico.



No dia 13 de novembro de 1999, terminava o jornalístico Primeira Edição (RedeTV!).

O jornalístico, que teve vida curta, substituiu o Jornal da Manchete em maio de 1999, enquanto se fazia a transição para a estreia oficial da RedeTV!. Chamadas, grafismos e o tema de abertura do 'JM' foram mantidos, assim como os âncoras Augusto Xavier e Cláudia Barthel, contratados da emissora extinta e da recém-criada. No dia 15, estreia oficial da RedeTV!, o noticiário foi substituído pelo Jornal da TV!.

Leia também: 12 de novembro na história da TV: em 2012, estreava Vem Comigo

Leia também: 11 de novembro na história da TV: em 2010, Afinal, o que Querem as Mulheres?




commentDeixe sua opinião
menu