11 de novembro na história da TV: em 2010, Afinal, o que Querem as Mulheres?



Confira os destaques do dia 11 de novembro na história da televisão brasileira:

No dia 11 de novembro de 1972, terminava a novela O Tempo Não Apaga (Record).

A trama - centrada numa musicista que perde a memória e é dada como morta após um acidente - tinha nomes como Nathalia Timberg, Hélio Souto, Lilian Lemmertz e Rolando Boldrin, mas não alcançou o sucesso das produções anteriores da emissora, como Os Deuses Estão Mortos (1971) e As Pupilas do Senhor Reitor (1970).



No dia 11 de novembro de 2010, estreava a série Afinal, o que Querem as Mulheres? (Globo).

A produção contava a história de um escritor obcecado com sua tese de doutorado em Psicologia, que pretendia responder à pergunta freudiana que dá nome à série. Do núcleo de Luiz Fernando Carvalho, 'Afinal' reuniu nomes como Paolla Oliveira, Dan Stulbach, Vera Fischer, Tarcísio Meira, Maria Fernanda Cândido e Michel Melamed.



No dia 11 de novembro de 2012, morria o ator e diretor Marcos Paulo.

Como ator, fez sucesso em novelas como Carinhoso, Sinhá Moça, Tieta e Quatro por Quatro, entre outras. Também dirigiu diversas novelas e séries da Globo, como A Indomada, Porto dos Milagres e O Beijo do Vampiro. Em maio de 2011, foi diagnosticado com câncer no esôfago. Morreu de embolia pulmonar em sua casa no Rio de Janeiro.



No dia 11 de novembro de 2012, estreava a série Pedro & Bianca (Cultura).

Pedro e Bianca são irmãos gêmeos, ela negra e ele branco, que estudam em uma escola estadual e vivem os conflitos e dilemas dessa fase da vida. Na equipe criação desta série - premiada com o International Emmy Kids de melhor série em 2014 - estava Cao Hamburger, autor da aclamada Malhação - Viva a Diferença.

Leia também: 10 de novembro na história da TV: em 1998, estreava Labirinto

Leia também: 9 de novembro na história da TV: há um ano, estreava Rock Story




commentDeixe sua opinião
menu