2 de novembro na história da TV: em 2007, terminava Eterna Magia



Confira os destaques do dia 2 de novembro na história da televisão brasileira:

No dia 2 de novembro de 1968, terminava o programa infantil Clube do Titio (Globo).

Mais um infantil dos primórdios da Globo baseado na tríade desenhos animados + gincanas no palco + prêmios para os telespectadores. O programa, exibido nas manhãs de sábado, ficou quase três anos no ar.

No dia 2 de novembro de 1981, estreava a série O Resto é Silêncio (Cultura).

Esta produção baseada na obra de Érico Veríssimo, partia da morte de Joana (Carmem Monegal), que caiu do décimo andar de um edifício em São Paulo. Os personagens se ligam em torno da questão: assassinato ou suicídio? Escrita por Mário Prata, O Resto é Silêncio reunia nomes como Luiz Armando Queiróz, Ester Góes, Flávio Galvão, Raymundo de Souza, Kate Hansen, Edson França e Maria Luiza Castelli.

No dia 2 de novembro de 1984, terminava a minissérie Rabo de Saia (Globo).

Os conflitos de Seu Quequé (Ney Latorraca) e suas três esposas - Eleuzina (Dina Sfat), Santinha (Lucinha Lins) e Nicinha (Tássia Camargo) - chegava ao fim após 20 capítulos. Projeto do núcleo de Walter Avancini, baseado na obra de José Condé, Rabo de Saia chegou aos 50 pontos de Ibope, rendeu vários prêmios APCA e foi reapresentada em duas ocasiões: janeiro de 1988 (12 capítulos) e agosto de 1990 (10 capítulos).



No dia 2 de novembro de 1990, terminava a minissérie Mãe de Santo (Manchete).

Através do terreiro de Ialorixá (Zezé Motta), o autor Paulo César Coutinho trouxe histórias que se desenvolviam na Bahia de todos os santos. A produção de 16 capítulos trazia tramas fechadas a cada dia - e guarda o mérito de ter exibido o primeiro beijo gay da TV brasileira, entre Raí Alves e Daniel Barcellos. Após o término, a minissérie foi reexibida uma única vez, entre maio e junho de 1992, às 19h30.



No dia 2 de novembro de 2007, terminava o humorístico Sem Controle (SBT).

Inspirado num formato argentino, e remetendo ao brazuca Zorra Total (Globo, 1999), Sem Controle foi uma das mais bem-sucedidas apostas da história recente do SBT no humor. Nomes como Dani Calabresa e Eduardo Silva - o Bongô do Castelo Rá-Tim-Bum (Cultura, 1994) - se revezavam em quadros fixos e personagens de bordões marcantes.



No dia 2 de novembro de 2007, terminava a novela Eterna Magia (Globo).

Primeira novela solo de Elizabeth Jhin, Eterna Magia surpreendeu o público ao inverter os papeis de mocinha e vilã: a princípio, Eva (Malu Mader) toma para si o agricultor Conrado (Thiago Lacerda), noivo de sua irmã Nina (Maria Flor); esta então trama para que Eva acredite estar à beira da morte, lhe "devolvendo" seu prometido, e ainda a responsabiliza por sua invalidez. Em meio ao conflito amoroso, lendas e magias, como os sortilégios da bruxa Zilda (Cássia Kis). Boa produção, marcada pelo insucesso.



No dia 2 de novembro de 2007, estreava a série O Sistema (Globo).

Projeto de Alexandre Machado e Fernanda Young, O Sistema propunha uma discussão sobre as neuroses contemporâneas, baseado na proliferação dos sistemas de vigilância e a consequente sensação de estarmos o tempo todo vigiados por câmeras de segurança. No elenco, Selton Mello, Ney Latorraca, Zezé Polessa, Betty Gofman e Maria Alice Vergueiro.



No dia 2 de novembro de 2013, terminava o programa Famoso Quem? (SBT).

Thammy Gretchen apresentava esta competição com covers de celebridades, treinados por uma equipe artística. Os que sobressaíam a cada episódio eram classificados para a grande final - concorrendo a um carro 0km. A atração não fez sucesso, mas ao menos serviu de embrião para o bem-sucedido Máquina da Fama, que o substituiu.

Leia também: 31 de outubro na história da TV: em 2014, último capítulo de Geração Brasil

Leia também: 29 de outubro na história da TV: em 1990, a estreia de Meu Bem, Meu Mal




commentDeixe sua opinião
menu