1 de novembro na história da TV: em 2015, último episódio de Tomara Que Caia



Confira os destaques do dia 1 de novembro na história da televisão brasileira:

No dia 1 de novembro de 1965, estreava a novela Um Rosto Perdido (Tupi).

Hélio Souto e Aracy Balabanian protagonizaram esta trama de Walter George Durst, baseada na obra de Mimi Valdestein, dirigida por Geraldo Vietri. Em destaque, a trajetória de Davi (Hélio), que perde a memória após sofrer um naufrágio, envolvendo-se com os moradores da ilha onde se refugia; dentre eles, Alba (Aracy).



No dia 1 de novembro de 1965, estreava a novela A Grande Viagem (Excelsior).

Destaque na antecessora A Deusa Vencida, Regina Duarte ganhou a protagonista deste folhetim de Ivani Ribeiro, ambientado num transatlântico. A rota do navio sofria alterações após um ataque do pirata moderno Pardini (Henrique César); presos numa ilha, Isabel (Regina) e Renato (Daniel Filho) se apaixonam, enquanto se sucedem tentativas de assassinato e incêndios criminosos, causados por uma organização criminosa.



No dia 1 de novembro de 1971, estreava a novela Bandeira 2 (Globo).

Esta produção de Dias Gomes, com direção de Daniel Filho e Walter Campos, popularizou Paulo Gracindo entre os bicheiros dos morros cariocas. O ator vivia Tucão, contraventor da região de Ramos, que travava uma ferrenha batalha nos negócios com Jovelino Sabonete (Felipe Carone) - enquanto seus filhos Taís (Elizângela) e Márcio (Stepan Nercessian) trocavam juras de amor.



No dia 1 de novembro de 1974, terminava a novela O Espigão (Globo).

Aqui, Dias Gomes criticou a especulação imobiliária, através do assédio do megalômano Lauro Fontana (Milton Moraes) à família Cambará, formada por figuras de hábitos exóticos. O desejo de Lauro é demolir o casarão dos irmãos para construir um edifício de 50 andares no local. Contra a ação está Léo (Cláudio Marzo), ecologista que assume o bebê de Dora (Débora Duarte), nascido em meio a um engarrafamento.



No dia 1 de novembro de 1982, terminava a novela Os Imigrantes (Band).

A Band encerrava a saga iniciada por Benedito Ruy Barbosa em abril do ano anterior. Então roteirizada por Renata Pallottini e Wilson Aguiar Filho, Os Imigrantes estava em sua "terceira geração" - subtítulo do folhetim, na ocasião -, período marcado pelo insucesso, talvez por conta da troca de alguns autores e pelo esgotamento da trama.



No dia 1 de novembro de 1997, estreava a novela Velas de Sangue (Record).

A Record dava prosseguimento à exibição de novelas bíblicas, de curta duração, dentro do programa Caminhos da Esperança - "hospedado" na faixa da Igreja Universal, Fala Que Eu Te Escuto. No elenco, nomes como Adriano Reys, Anselmo Vasconcellos, Ewerton de Castro, Sandra Barsotti, Stella Freitas e Suely Franco.



No dia 1 de novembro de 2011, estreava o reality show O Aprendiz 8 (Record).

Segunda edição do reality apresentada por João Dória Jr, hoje prefeito de São Paulo. Carla Pernambuco, empresária e chef de cozinha, e Cláudio Forner, consultor do SEBRAE, participavam da atração como conselheiros. A publicitária Janaína de Melo levou o prêmio - que incluía um quadro de Romero Britto -; a vice-campeã, Renata Tolentino, faturou o troféu em Aprendiz - O Retorno, dois anos depois.



No dia 1 de novembro de 2012, estreava a série Como Aproveitar o Fim do Mundo? (Globo).

A profecia que previa o fim dos tempos para 21 de dezembro de 2012 serviu de combustível para as mentes criativas de Alexandre Machado e Fernanda Young, autores desta série que trouxe Alinne Moraes e Danton Mello como dois colegas de trabalho que decidem colocar em prática uma lista de desejos comuns e esdrúxulos, antes que o mundo vire pó.



No dia 1 de novembro de 2012, estreava a série Suburbia (Globo).

Projeto de Luiz Fernando Carvalho, Suburbia acompanha a história de vida de Conceição (Débora Letícia Nascimento / Erika Januza), da infância, quando fugiu para o Rio de Janeiro e acabou num reformatório de meninos, até a idade adulta, quando se torna Miss Subúrbio e se envolve com Cleiton (Fabrício Boliveira), um criminoso.



No dia 1 de novembro de 2013, terminava a novela Sangue Bom (Globo).

Segundo projeto de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari para a faixa das 19h, Sangue Bom debatia a fama a qualquer preço. Amora Campana (Sophie Charlotte) era a it-girl que vislumbrava um casamento de capa de revista com Maurício (Jayme Matarazzo) - paixão de sua irmã adotiva Malu (Fernanda Vasconcellos), até reencontrar o passado na figura de Bento (Marco Pigossi), seu colega de orfanato. Última novela da atriz Yoná Magalhães, intérprete de Glória Paes.



No dia 1 de novembro de 2015, terminava o humorístico Tomara que Caia (Globo).

Muitas mentes criativas da Globo, como o 'Casseta' Cláudio Manoel e o diretor de núcleo Boninho, se uniram em prol deste humorístico com cara de game-show, que reunia atores e comediantes. O público conduzia a história, calcada no improviso, através de um aplicativo de celular. Pecou, especialmente, pela falta de graça.

Leia também: 31 de outubro na história da TV: em 2014, último capítulo de Geração Brasil

Leia também: 30 de outubro na história da TV: em 2000, estreava É Show com Adriane Galisteu




commentDeixe sua opinião
menu