Há 46 anos, estreava novela da Globo marcada por morte do protagonista


1 - No dia 24 de janeiro de 1972, estreava a novela das sete O Primeiro Amor, da Globo. A trama chegou ao fim em 17 de outubro do mesmo ano sem seu protagonista, Sérgio Cardoso, que morreu em consequência de um ataque cardíaco no dia 18 de agosto, aos 47 anos.



2 - Quando Sérgio Cardoso morreu, vivia o professor Luciano na produção. Como faltavam apenas 28 capítulos para o desfecho da trama, a emissora decidiu substituí-lo por Leonardo Villar, que entrou em cena após um texto de homenagem lido por Paulo José, recebido por todo o elenco em um estúdio vazio.

3 - A morte de Sérgio Cardoso fez surgir uma das mais famosas lendas urbanas da história da televisão brasileira: o ator teria sido enterrado vivo.

4 - Sua morte comoveu todo o Brasil. Mais de 15 mil pessoas compareceram ao enterro, no cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.

5 - Pouco tempo depois, surgiu um boato, repercutido por toda a imprensa, de que o ator sofria de catalepsia, uma doença rara que deixa os membros rígidos por horas, como se a pessoa estivesse morta.

6 - Ou seja, por causa da doença, Sérgio Cardoso teria sido enterrado vivo.

7 - O boato também dizia que a família teria pedido que o corpo fosse exumado e, ao se abrir o caixão, Sérgio Cardoso estaria virado de bruços, com arranhões no rosto.

8 - O fato sempre foi negado veementemente pelos familiares do ator.

9 - O Fantástico fez uma extensa reportagem sobre o tema em 1979. Mostrou a entrevista do tabelião Manoel Olegário da Costa, que dizia ser amigo do ator e relatava o pavor que Sérgio supostamente tinha, de ser enterrado vivo.

10 - A atriz Nydia Licia, que foi casada com Sérgio Cardoso durante 10 anos, falou pela primeira vez sobre o assunto na mesma reportagem.

11 - Ela afirmou que a polêmica causava muito sofrimento à família e que o ator nunca havia comentado sobre esse pavor. "Ele nunca teve catalepsia, certeza absoluta. Não somente jamais manifestou algum sintoma de doença nervosa no período que estivemos casados, nem depois. O povo pode comentar, mas não é verdade", disse.

12 - Licia também disse que não conhecia Costa. "Não conheço esse senhor, não sei se Sérgio o procurou ou se foi uma conversa informal, mas o fato de ter dito na conversa que tinha medo de ser enterrado vivo não quer dizer absolutamente nada", salientou.

13 - Segundo a atriz, o boato surgiu logo após a morte de Sérgio Cardoso. "Uma pessoa que ninguém conhece procurou um jornal de Manaus, dizendo que Sérgio havia sido enterrado vivo e que a família teria pedido exumação do cadáver. Imediatamente a notícia correu o Brasil inteiro", declarou.

14 - Ela ainda afirmou, categoricamente, que o caixão nunca foi aberto. "Nunca precisou, de maneira alguma, não tem porquê. Sérgio faleceu no dia 18 de agosto de 1972 e ponto final. Ninguém tem dúvida, nem os médicos, nem a família. O resto do público eu espero que não tenha mais", disparou.

15 - Sérgio Cardoso foi o primeiro protagonista de uma novela da Globo a morrer durante a exibição da trama. O segundo foi Jardel Filho, em 1983, durante Sol de Verão, e o terceiro foi Domingos Montagner, durante Velho Chico, em setembro de 2016.


Deixe sua opinião


Leia também