Conheça 12 programas que tinham orquestras ao invés de bandas





Se a atual moda é ter uma banda no programa - como acontece nas atrações de Danilo Gentili, Fábio Porchat, Marcelo Adnet e Márcio Garcia, entre outras, nas primeiras décadas da TV era quase obrigatória a presença de uma orquestra - no próprio palco da atração ou, pelo menos, na execução do tema de abertura.

As emissoras, inclusive, tinham suas próprias orquestras - lembra do maestro Zezinho, mais conhecido regente do SBT? A da Globo foi responsável por temas de aberturas de programas e novelas nos anos 1960 e 1970.

Relembre abaixo programas que tinham orquestras em sua abertura ou até mesmo fazendo parte da atração:

QUAL É A MÚSICA?



A primeira versão do programa no SBT, que reinou nos anos 1980, também contava com a orquestra do maestro Zezinho. A segunda versão, exibida entre o final dos anos 1990 e parte dos anos 2000, também tinha músicos, mas em versão reduzida.

SHOW DE CALOUROS



Um dos inúmeros programas do SBT que contou com a presença da orquestra do maestro Zezinho. A orquestra executava o tema de abertura - o clássico que entoava o nome de cada jurado - e também as músicas dos calouros. Curiosidade: um dos integrantes do conjunto era o Bira, que depois foi fazer parte do sexteto do Jô Soares Onze e Meia e está com o apresentador até hoje na Globo.

VEJA TAMBÉM Por onde anda o elenco de jurados do Show de Calouros?

HEBE



A última versão da abertura de Hebe no SBT, em 2010, contava com uma orquestra, que executava o tema da atração e fazia algumas intervenções durante o programa. Na RedeTV!, Hebe também contou com uma orquestra.

CLUBE DOS ARTISTAS



O longevo programa comandado por Aírton Rodrigues e Lolita Rodrigues na Tupi tinha uma grande orquestra que aparecia logo na abertura.

MOACYR TV



O programa de Moacyr Franco foi uma das apostas da Globo em 1976 para substituir Silvio Santos. A atração, que durou pouco menos de um ano, tinha um belo tema de abertura, executado pela orquestra da emissora.

VEJA TAMBÉM 12 fatos sobre o programa que substituiu Silvio Santos na Globo

SHOW SEM LIMITE



Ter uma orquestra era padrão em praticamente todos os programas de auditório do SBT nos anos 1980. O Show Sem Limite, apresentado por Sérgio Chapelin entre 1983 e 1984 na emissora, também contava com o seu conjunto - veja no vídeo, quando Gugu canta.

VEJA TAMBÉM 8 pessoas que você não sabia (ou não lembrava) que trabalharam no SBT

PROGRAMA FLÁVIO CAVALCANTI



O SBT adorava uma orquestra dentro de um programa. Outra atração da casa que tinha músicos dentro do programa era o de Flávio Cavalcanti, exibido entre 1983 e 1986. Era executado o tema de abertura e eles também participavam de diversas formas.

VIVA A NOITE



Não falei que o SBT gostava mesmo de uma boa orquestra? O Viva a Noite estreou em 1982 também contando com músicos no palco para as mais variadas intervenções, incluindo o tema de abertura.

PROGRAMA RAUL GIL



A primeira versão do Programa Raul Gil no SBT, exibida a partir de 1981, quando a emissora foi criada, também contava com orquestra.

PROGRAMA J. SILVESTRE



A atração, que estreou em grande estilo na Band em 1983, contava com uma orquestra anexa ao palco principal, comandada pelo maestro José Briamonte. O tema de abertura da atração, inclusive, era ótimo.

DISCOTECA DO CHACRINHA



Olha que beleza o tema de abertura da Discoteca do Chacrinha, programa que o Velho Guerreiro comandou entre 1967 e 1972 na Globo. A orquestra da casa foi quem fez as honras. O tema voltou a ser usado a partir de 1982 no Cassino do Chacrinha, mas com outro arranjo.

BUZINA DO CHACRINHA



A Buzina do Chacrinha foi outro programa de Chacrinha na Globo que contou com tema executado pela orquestra da Globo, junto com o coro da emissora. Também foi exibido entre 1967 e 1972.




commentDeixe sua opinião
menu