35 programas mais clássicos dos 35 anos do SBT



Há exatamente 35 anos, Silvio Santos realizava o maior sonho de sua vida: se tornar dono de um canal de televisão. No dia 19 de agosto de 1981, o SBT entrava no ar.

Uma das emissoras mais amadas pelos brasileiros, o canal sempre teve um estilo próprio, mostrando que nem sempre um padrão rígido de programação é necessário para agradar o público. Ao longo de sua história, a TV de Silvio sempre inovou, trazendo novidades populares, inusitadas e curiosas.

Para celebrar esta data, preparamos uma lista com algumas das atrações mais marcantes exibidas pela emissora. É claro que muita coisa ficou de fora, mas trouxemos um panorama com algumas das produções mais inesquecíveis da empresa.

A seguir, relembre os 35 programas mais clássicos da história do SBT!

1 - Topa Tudo Por Dinheiro: Uma das atrações mais clássicas já comandadas por Silvio Santos, o programa misturava câmeras escondidas, gincanas e brincadeiras no palco. Exibido de 1991 a 2001.



2 - Bozo: Maior ícone infantil da história da emissora, o palhaço conquistou milhões de fãs, acompanhado por personagens como Vovó Mafalda, Papai Papudo e Salci Fufu. Interpretado por nomes como Luís Ricardo, Décio Roberto e Arlindo Barreto. Exibido de 1981 a 1991 e também em 2013.



3 - Aqui Agora: Um dos telejornais mais polêmicos da história da televisão brasileira. Marcado pelas suas reportagens policiais, muitas das quais exibindo cenas violentas, o programa também trazia notícias dos famosos e comentários inusitados sobre temas como economia e esporte. Na equipe, nomes como Ivo Morganti, Christina Rocha, Gil Gomes, Celso Russomanno e Jacinto Figueira Júnior, o Homem do Sapato Branco. Exibido de 1991 a 1997 e novamente em 2008.



4 - Show de Calouros: Uma das atrações mais populares do Programa Silvio Santos, na qual calouros eram julgados por nomes como Pedro de Lara, Décio Piccinini e Aracy de Almeida. Exibido de 1981 a 1992.



5 - A Praça É Nossa: Continuando o legado de seu paí, Manoel de Nóbrega, Carlos Alberto de Nóbrega recebe os personagens mais inusitados no seu tradicional banco. Humorístico mais longevo do canal e um dos mais tradicionais da TV brasileira. Exibido desde 1987.



6 - Viva a Noite: Com quadros inusitados e uma divertida gincana, Gugu agitava os sábados a noite da emissora neste clássico do canal. Exibido de 1982 a 1992 e também em uma nova versão (comandada pela cantora Gilmelândia) em 2007 e 2008.



7 - Chaves e Chapolin: Dois dos maiores ícones do SBT e também da cultura pop brasileira, mesmo sendo seriados mexicanos. Coringas da grade do canal, os programas estão no ar há mais de trinta anos, tendo lugares garantidos entre as atrações que são a cara da emissora. Exibidos desde 1984 (com algumas interrupções, no caso de Chapolin).



8 - Show do Milhão: Programa de perguntas e respostas, que concedia o prêmio de R$ 1 milhão de reais. Exibido em várias fases, entre 1999 e 2009.



9 - Carrossel: O maior fenômeno da teledramaturgia do SBT. A novela, produzida pela mexicana Televisa, marcou época e conquistou altos índices de audiência, exibindo as aventuras da Professora Helena e de alunos como Maria Joaquina e Cirilo. Exibida em 1991, com reprises em 1993, 1995 e 1996. A produção deu origem a um remake produzido pelo próprio SBT, também sucesso de audiência, lançado em 2012.



10 - Domingo Legal: A princípio uma versão dominical do Viva a Noite, a atração ganhou estilo próprio, misturando brincadeiras com notícias urgentes e conquistou grandes audiências, consagrando Gugu como um dos maiores apresentadores do país. Exibido desde 1993, sendo apresentado por Celso Portiolli a partir de 2009.



11 - Hebe: Uma das principais atrações da história do SBT, na qual a Rainha da Televisão recebia convidados em seu tradicional sofá, para debater assuntos relativos a diversas áreas. Exibido de 1986 a 2010.



12 - Casa dos Artistas: Um dos maiores fenômenos da história da televisão brasileira, o programa mostrava a intimidade de artistas confinados em uma casa. Exibido em quatro temporadas, de 2001 a 2004.



13 - Passa ou Repassa: Duas equipes, compostas de estudantes ou celebridades, se enfrentavam em uma gincana, marcada pela disputa de tortas na cara. Apresentado por Silvio Santos, Gugu, Angélica e Celso Portiolli. Exibido em várias fases, de 1987 a 2000 e novamente desde 2013.



14 - O Povo na TV: Um dos programas mais importantes do início da emissora. A atração era apresentada por nomes como Wilton Franco, Roberto Jefferson, Wagner Montes e Sérgio Mallandro, abordando casos polêmicos e escandalosos, muitas vezes resolvidos com brigas no palco. Exibido entre 1981 e 1983.



15 - TJ Brasil: O telejornal de maior prestígio da história da emissora, que lançou Boris Casoy como o primeiro âncora da televisão brasileira. Exibido de 1988 a 1997.



16 - Chiquititas: Grande sucesso de audiência, a novela mostrava o cotidiano do orfanato Raio de Luz, no qual órfãos enfrentavam a dura realidade da vida, em uma produção feita em parceria com a argentina Telefé. Exibida em cinco temporadas, de 1997 a 2001, sendo reprisada em 2004 e 2005. A obra teve uma nova versão, exibida entre 2013 e 2015.



17 - Fantasia: Game show no qual os participantes participavam de gincanas por telefone, concorrendo a muitos prêmios. Apresentado por nomes como Adriana Colin, Débora Rodrigues, Jackeline Petkovic, Valéria Balbi, Amanda Françozo, Carla Perez, Celso Portiolli, Otávio Mesquita e Helen Ganzarolli. Exibido de 1997 a 2000 e também de 2007 a 2008.



18 - Éramos Seis: Adaptação do clássico romance homônimo de Maria José Dupré, a novela foi uma das mais bem sucedidadas da história do canal. Exibida em 1994, com reprise em 2001.



19 - Qual É a Música: Competição musical na qual celebridades eram desafiadas por enigmas musicais. Exibido em várias fases, entre 1981 e 2008.



20 - A Usurpadora: Novela mexicana da Televisa, que mostrava os romances e confusões das gêmeas Paulina e Paola Bracho, interpretadas por Gabriela Spanic. Exibida em 1999, com reprises em 2000, 2005, 2007, 2013 e 2015.



21 - Jô Soares Onze e Meia: Talk show de maior audiência do país nos anos 90, o programa foi a estreia de Jô como entrevistador. Exibido de 1988 a 1999.



22 - Bom Dia & Cia: Programa infantil de maior longevidade da emissora, tendo sido apresentado por nomes como Eliana, Jackeline Petkovic, Maísa Silva, Priscilla Alcântara e Yudi Tamashiro. Exibido desde 1993.



23 - Porta da Esperança: Silvio Santos realizava sonhos de espectadores, que pediam prêmios variando de bonecas a pernas mecânicas. Exibido de 1984 a 1996.



24 - Show Maravilha: Comandada por Mara Maravilha, a atração trazia desenhos animados e brincadeiras infantis. Exibido de 1987 a 1994.



25 - Cinema em Casa: A mais tradicional sessão de filmes do canal, exibindo clássicos dos anos 80 e 90 nas tardes da emissora. Exibido em diversas fases, de 1988 a 2011.



26 - Domingo no Parque: Silvio recebia crianças para uma gincana entre duas escolas. Exibido em várias fases, de 1981 a 1987.



27 - Oradukapeta: Sérgio Mallandro rompia com a tradição de apresentadoras infantis e comandava o programa mais bagunçado da TV, com destaque para o clássico quadro A Porta dos Desesperados. Exibido de 1987 a 1990.



28 - Em Nome do Amor: O programa apresentava histórias de amor, contando com a clássica pergunta: "é namoro ou amizade?". Exibido de 1994 a 2000.



29 - Maria do Bairro: A cantora Thalia vivia a pobre catadora de lixo, que se apaixona por um jovem rico. Parte mais bem sucedida da chamada Trilogia das Marias, que ainda contou com Marimar e Maria Merecedes, também exibidas pelo SBT. Exibida em 1997, com reprises no mesmo ano de 1997 e também em 2004, 2007, 2012, 2013 e 2015.



30 - Teleton: Maratona televisiva na qual a programação do SBT se volta, durante 24 horas, para a arrecadação de recursos a favor da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). Exibido desde 1998.



31 - Programa Livre: Dedicado ao público jovem, a atração trazia diversos assuntos de interesse juvenil. Marcado pela apresentação de Serginho Groisman, o programa também foi comandado por Otávio Mesquita, Ney Gonçalves Dias, Márcia Goldschmidt, Lu Barsotti, Christina Rocha e Babi Xavier. Exibido de 1991 a 2001.



32 - Disney Club: As crianças do Comitê Revolucionário Ultra-Jovem tinham seu espaço, trazendo os mais recentes desenhos dos Estúdios Disney. Exibido de 1997 a 2003.



33 - Programa do Ratinho: Acompanhado de um elenco bastante inusitado, Ratinho resolve dramas familiares, além de mostrar casos polêmicos, reportagens policiais e competições malucas. Exibido desde 1998.



34 - Sabadão Sertanejo: Surfando no auge do estilo sertanejo no Brasil, Gugu comandava a atração, que trazia os maiores sucessos musicais do gênero. Com o passar do tempo, o programa passou a englobar músicas de todos os estilos. Exibido de 1991 a 2002.



35 - Trófeu Imprensa: O maior e mais tradicional prêmio do país relativo à televisão e à música. Criado nos anos 50, foi assumido por Silvio Santos nos anos 70 e se tornou um clássico do SBT. Exibido desde 1981.



Sentiu falta de algum programa? Qual foi sua atração preferida dos 35 anos do SBT? Comente!

Veja também: Por onde anda o elenco de Quatro por Quatro?

Veja também: Por onde anda o elenco de Vamp?

Veja também: Qual novela das 7 passava quando você nasceu?

Veja também: Qual novela das 8 passava quando você nasceu?

Especial: Há 33 anos, entrava no ar a Rede Manchete







commentDeixe sua opinião
menu