15 de março na história da TV: em 2011, Hebe estreava na RedeTV!


Confira os destaques do dia 15 de março na história da televisão brasileira:

No dia 15 de março de 1966, estreava a novela Eu Compro Esta Mulher (Globo).

Na Espanha de 1950, Federico Aldama (Carlos Alberto) desposa Maria Tereza (Yoná Magalhães), apenas para vingar-se da família dela, responsável pela ruína de seu pai. Acaba, porém, apaixonado - um romance ameaçado pela ardilosa Úrsula (Leila Diniz). Glória Magadan dizia ter se baseado no clássico O Conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas, para conceber este enredo; a trama, porém, remetia a uma radionovela mexicana, cuja versão televisiva foi exibida pelo SBT nos anos 1990.



No dia 15 de março de 1971, estreava o programa esportivo É Hora de Esporte (Cultura).



No dia 15 de março de 1976, estreava o humorístico O Planeta dos Homens (Globo).

Haroldo Barbosa e Max Nunes conceberam esta atração com base no filme Planeta dos Macacos (1968). A sátira de costumes e crítica social proposta pelo humorístico partia da chegada de dois macacos superinteligentes - ambos vividos por Orival Pessini - ao Planeta Terra. No elenco: Agildo Ribeiro (como Aquiles Arquelau), Jô Soares, Paulo Silvino, Stenio Garcia e Clarice Piovesan - do quadro 'Kika & Xuxu', transformado em programa solo. Na abertura, a beleza da bailarina Wilma Dias.



No dia 15 de março de 1993, estreava a reapresentação de Sinhá Moça (1986) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

A Globo "surfou" no êxito de Sinhá Moça no exterior para anunciar esta reprise. "Sucesso no mundo todo", a trama de Benedito Ruy Barbosa, baseada na obra de Maria Dezonne Pacheco Fernandes, voltou ao ar uma semana após a estreia do autor na faixa nobre do canal, com Renascer (1993). Os 168 capítulos originais foram condensados em 80 - quantidade adotada por praticamente todas as reapresentações daquele ano. 25 anos depois, o folhetim regressou à telinha, no VIVA.



No dia 15 de março de 1999, estreava a primeira reapresentação de O Rei do Gado (1996) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

A saga de Bruno Mezenga (Antonio Fagundes), também escrita por Benedito Ruy Barbosa, marcou o horário das 20h! E voltou ao ar apenas dois anos e um mês após o término da exibição em horário nobre, resumida em 110 capítulos (ante 209 originais) e com índices superiores aos de Malhação e Força de um Desejo, às 18h. A Globo reexibiu 'Rei do Gado' outra vez, em 2015, na comemoração de seus 50 anos (então com 150 episódios). A trama também marcou presença no VIVA, em 2011.



No dia 15 de março de 2000, estreava o programa Show do Ratinho (SBT).

Carlos Massa, o Ratinho, buscava fugir das polêmicas e do famigerado 'teste de DNA', que fizeram sua fama na Record TV e no SBT, para onde se transferiu em 1998. Musicais, concursos de calouros e jogos entre artistas dominavam a atração, veiculada aos sábados, 21h. O 'Show' foi extinto no ano seguinte, a pedido do apresentador, que se dizia cansado. Cogitou-se, contudo, que Ratinho teria se irritado com o lobby de algumas gravadoras para liberarem a presença de seus artistas.



No dia 15 de março de 2010, estreava a reapresentação de Sinhá Moça (2006) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Curiosamente, o remake deste clássico de Benedito Ruy Barbosa voltou ao ar exatamente 17 anos após a reapresentação da primeira versão. E substituindo a mesma novela que substituiu em sua faixa original (18h), Alma Gêmea (2005). 'Alma', porém, ultrapassava a barreira dos 20 pontos em sua reprise; já 'Sinhá' oscilava em torno dos 15. A edição condensou 185 capítulos em 130. Aqui, Débora Falabella vivia a personagem que fora de Lucélia Santos em 1986.



No dia 15 de março de 2011, estreava o programa Hebe (RedeTV!).

Após décadas de parceria, Hebe Camargo optou por não renovar contrato com o SBT - no auge de uma das maiores crises da história da emissora e de seu programa (em audiência). Na RedeTV!, onde foi apresentada no Manhã Maior, Hebe comandava seu sofá nas noites de terça-feira. O estado de saúde da apresentadora, no entanto, já estava bastante delicado. Em setembro de 2012, ela acertou seu retorno à antiga casa; acabou falecendo dois dias após a assinatura do contrato.


Deixe sua opinião


Leia também