27 de fevereiro na história da TV: em 1989, A Gata Comeu em Vale a Pena Ver de Novo


Confira os destaques do dia 27 de fevereiro na história da televisão brasileira:

No dia 27 de fevereiro de 1969, terminava o humorístico TV0-TV1 (Globo).

Pode-se considerar este programa como "embrião" do TV Pirata (1988), do Casseta & Planeta, Urgente! (1992) e do Tá no Ar: a TV na TV (2014). Conduzido por Agildo Ribeiro e Paulo Silvino, TV0-TV1 satirizava atrações televisivas, como os de Abelardo Barbosa, o Chacrinha, e Hebe Camargo. Também novelas - caso de A Gata de Vison (1968) - e cantores: Caetano Veloso, Nara Leão e Tom Jobim, como exemplos.



No dia 27 de fevereiro de 1971, estreava a novela A Selvagem (Tupi).

Reedição de Alma Cigana (1964), de Ivani Ribeiro, do original de Manuel Muñoz Rico, com a mesma protagonista: Ana Rosa, em papel duplo - a cigana Esmeralda e a freira Estela. O capitão Fernando (Henrique Martins) se debate sobre o mistério: seriam as duas sósias, gêmeas ou a mesma mulher? O interesse nesta regravação veio do êxito de Irmãos Coragem (1970), da Globo, com Glória Menezes em papel triplo.



No dia 27 de fevereiro de 1982, terminava a novela Terras do Sem Fim (Globo).

A história foi inspirada nos romances Cacau, Terras do Sem Fim e São Jorge dos Ilhéus, de Jorge Amado. No início do século XX, dois coronéis disputam o poder político no interior da Bahia em trama marcada por romances e traições. No elenco, Carlos Kroeber, Edwin Luisi, Jonas Mello, Maria Cláudia (foto), Nívea Maria, Otávio Augusto, Paulo Figueiredo e Sura Berditchevsky, entre outros.



No dia 27 de fevereiro de 1989, estreava a primeira reapresentação de A Gata Comeu (1985) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

A mais bem-sucedida produção do horário das 18h na década de 1980 voltava ao ar, reeditada em 110 capítulos - 50 a menos do que a exibição original. As loucuras de Jô Penteado (Christiane Torloni), apaixonada pelo professor Fábio (Nuno Leal Maia), dominaram a faixa de reprises numa segunda ocasião, em 2001. Foi a primeira vez que a Globo reexibiu uma novela já reapresentada dentro do 'Vale a Pena'.



No dia 27 de fevereiro de 2009, terminava a reapresentação de Mulheres Apaixonadas (2003) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Este clássico de Manoel Carlos exibido às 20h precisou de ajustes para ser veiculado às 14h30. Os 203 capítulos originais foram condensados em 130. Cenas fortes acabaram suprimidas ou atenuadas - como as sequências em que Marcos (Dan Stulbach) agredia a esposa, Raquel (Helena Ranaldi), com uma raquete; ou as violentas investidas de Heloísa (Giulia Gam) contra o esposo Sérgio (Marcello Antony).


Deixe sua opinião


Leia também